Fale Conosco

Conteúdo atualizado em 19.03.2020


USP Bauru representada em congresso no Equador

Marianne Ramalho, Assessoria de Comunicação da PUSP-B
25/10/2018

USP Bauru representada em congresso no Equador

Pesquisadores do campus da USP de Bauru participaram como palestrantes do 5º Congresso Internacional de Fonoaudiologia, realizado no período de 17 a 19 de outubro pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Cuenca, no Equador. O evento contou com a participação de pesquisadores e especialistas do Brasil, Chile e Equador.

O campus da USP de Bauru foi representado por Maria Inês Pegoraro-Krook, professora do Departamento de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) e docente do Programa de Pós-Graduação do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC) e também do HRAC a cirurgiã plástica Telma Vidotto de Souza Brosco e o cirurgião-dentista Homero Carneiro Aferri.
 

Foto: Homero Aferri e Telma Vidotto (HRAC); Felipe Inostroza Allende, fonoaudiólogo da Fundação Gantz e professor do curso de Fonoaudiologia da Universidade do Chile; Maria Inês Krook (FOB e HRAC) e Felipe Xavier Araujo Campoverde, cirurgião-dentista, ex-aluno de mestrado em Fonoaudiologia da FOB (orientado por Maria Inês Krook)

 

 

Pesquisa da USP premiada em congresso mexicano


O trabalho “Resultados de fala a longo prazo de indivíduos com fissura palatina após fonoterapia intensiva” obteve o segundo lugar no Prêmio de Melhor Trabalho Científico.

O trabalho fez parte da tese de doutorado da aluna Gabriela Zuin Ferreira, doutoranda do Curso de Pós-Graduação em Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da Universidade de São Paulo (USP), com orientação da professora do Departamento de Fonoaudiologia da FOB, Maria Inês Pegoraro-Krook e docente do Programa de Pós-Graduação do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC).

Também são autores do trabalho: Thais Alves Guerra (FOB), Maria Daniela Borro Pinto (HRAC), Melina Evangelista Whitaker (HRAC), Jeniffer de Cassia Rillo Dutka (FOB e HRAC) e Viviane Cristina de Castro Marino (Unesp-Marília).

O trabalho foi apresentado por Gabriela Zuin Ferreira no XVII Congresso Nacional da Associação Mexicana de Fissura Labiopalatina e Anomalias Craniofaciais, realizado de 10 a 13 de outubro, na cidade de León-Guanajuato, no México.
 

imprimir





 Envie sua sugestão de notícia