Fale Conosco

Conteúdo atualizado em 19.03.2020


Fluoreto e Saúde Pública em evento na USP

Marianne Ramalho, Assessoria de Comunicação da PUSP-B
25/03/2014

Fluoreto e Saúde Pública em evento na USP

No período de 26 a 29 de março, no Teatro Universitário da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da Universidade de São Paulo (USP) acontece o Workshop “Metabolismo do Fluoreto e Saúde Pública: uma questão de detalhe”.

Coordenam o evento, Marília Afonso Rabelo Buzalaf, professora do Departamento de Ciências Biológicas da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da Universidade de São Paulo (USP) e Anne Maguire, professora da Universidade de Newcastle, no Reino Unido.

Buzalaf esclarece que o fluoreto é usado em odontologia para prevenção de cárie, com uma dosagem adequada, que deve ser adicionada aos veículos de uso coletivo como: a água, o leite e o sal. Para que tenha efeito, o fluoreto tem que estar presente num certo nível e com isso ele vai conseguir prevenir a cárie.

O Workshop é patrocinado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e pelo British Council (Reino Unido), e contará com 24 participantes, jovens pesquisadores doutores, sendo 12 do Reino Unido e 12 do Estado de São Paulo, além de 6 mentores (3 brasileiros e 3 do Reino Unido) e 1 facilitador de pesquisa do Reino Unido.

Esta é uma iniciativa pioneira da Fapesp e do British Council, para estreitar relações entre jovens pesquisadores do Reino Unido e do Brasil. O workshop vai abordar questões de pesquisa prioritárias relacionadas ao metabolismo de fluoretos, com o objetivo de maximizar os benefícios e reduzir os efeitos colaterais de sua utilização, visando o benefício da saúde pública.

O Workshop tem características multidisciplinares e se concentrará em áreas de pesquisa relativas ao metabolismo de Fluoretos – desde a avaliação dos níveis de exposição a este elemento através da dieta até o mapeamento usando técnicas envolvendo GPS, de relevância tanto a nível odontológico quanto médico, para que sejam determinadas as melhores soluções do metabolismo de fluoretos utilizando técnicas moleculares.

O evento consistirá de 6 apresentações (uma de cada um dos mentores), com duração de 25 minutos cada, e apresentações de 10 minutos de cada um dos participantes, que são pesquisadores em início de carreira, sendo 12 do Brasil e 12 do Reino Unido, que foram selecionados previamente com base em seu histórico de pesquisas envolvendo fluoretos e nas suas aspirações em participar do evento.

Um facilitador de pesquisa do Reino Unido trará informações sobre oportunidades de financiamento de pesquisas no Reino Unido e no Brasil, com foco nas possibilidades de financiamento conjunto, visando à cooperação entre pesquisadores brasileiros e do Reino Unido.

Também será realizada uma palestra de um membro da indústria, que trará informações sobre a parceria Universidade-Indústria para o desenvolvimento e colocação no mercado de novos produtos.

A professora Marília Buzalaf informa que o evento será realizado em quatro dias, de 26 a 29 de março, contendo sessões integradas (interativas e informais) para permitir que os participantes dos dois países possam se engajar ativamente, o que é essencial para facilitar o desenvolvimento da carreira dos participantes e também as possibilidades de colaboração entre eles e os mentores.

A coordenação das sessões será feita pelos organizadores, mentores e/ou facilitador de pesquisa.


Foto: Profa. Dra. Marília Afonso Rabelo Buzalaf, docente do Departamento de Ciências Biológicas da FOB/USP


imprimir





 Envie sua sugestão de notícia