Fale Conosco

Conteúdo atualizado em 19.03.2020


USP realiza Congresso Fonoaudiológico

Luís Victorelli
24/08/2015

USP realiza Congresso Fonoaudiológico

Professores, pesquisadores e profissionais da Fonoaudiologia se reúnem nesta semana em Bauru, SP, para discutir os avanços científicos da área. Com o tema “Atualidades nos diferentes ciclos da vida”, os organizadores propõe uma discussão sobre como diagnosticar precocemente e tratar alterações da comunicação, assim como aperfeiçoá-la de acordo com as diferentes fases da vida da pessoa.

O XXII Congresso Fonoaudiológico de Bauru (Cofab), que homenageia a professora Simone Rocha de Vasconcellos Hage, acontece de 26 a 29 de agosto no Campus USP de Bauru. O evento tem um caráter diferenciado neste ano porque marca a mudança da tradicional Jornada Fonoaudiológica de Bauru (Jofa) em congresso, e também comemora os 25 anos de implantação do Curso de Fonoaudiologia da FOB-USP (Leia entrevista no final da matéria).

A programação científica é ampla e diversificada com o objetivo de atender todas as áreas da Fonoaudiologia, mas com a possibilidade para que outras profissões possam usufruir dos assuntos veiculados nos cursos, minicursos, oficinas, mesas-redondas e workshops. Oferecer uma oportunidade de crescimento científico para estudantes de fonoaudiologia, fonoaudiólogos e demais alunos e graduados de áreas afins, também está na pauta do Cofab.

Além do conteúdo científico, os participantes terão a possibilidade de visitar a feira tecnológica de empresas que comercializam produtos referentes à área de Fonoaudiologia, e de livreiros especializados. Durante o evento será apresentada uma exposição dos 25 anos da história do Curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FOB-USP).

O XXII Cofab tem como coordenadora geral, Simone Rocha de Vasconcellos Hage; coordenadora científica, Magali de Lourdes Caldana e coordenadora social, Aline Aceituno da Costa, que são professoras do Departamento de Fonoaudiologia da FOB-USP.

Inscrições e informações podem ser obtidas no site www.cofab.fob.usp.br . Contatos podem ser feitos nos telefones: 14 98114-3599, 14 99145-1532 ou no e-mail: cofab@fob.usp.br.

ENTREVISTA

Leia a seguir entrevista com a coordenadora geral do evento, professora Simone Rocha de Vasconcellos Hage.

Neste ano de 2015, o Congresso Fonoaudiológico de Bauru comemora os 25 anos do Curso de Fonoaudiologia da FOB-USP. Como traduzir essa história?

Para expressar esta tradução é preciso retomar um pouco a história do curso, desde a sua idealização. As aspirações para a criação do Curso de Fonoaudiologia na Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) começaram no início da década de 1980 e partiram dos dirigentes do HRAC (Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais) e de professores da FOB. Um dos motivos para a criação do curso em Bauru foi o fato de não haver nenhum curso público na região.

Foi então em 1990 que teve início a 1ª Turma com 25 alunos. As atividades clínicas iniciaram-se em 1992, contando com a utilização da estrutura física, dos recursos humanos e técnicos do Setor de Fonoaudiologia do HRAC e dos seus diferentes núcleos de atendimento, como por exemplo, o Centro dos Distúrbios da Audição, Linguagem e Visão (Cedalvi). Dez anos depois do início das atividades clínicas, os atendimentos passaram a ocorrer, em sua grande maioria, na Clínica de Fonoaudiologia da FOB, prédio construído com a finalidade de propiciar a formação dos alunos de graduação em suas diferentes modalidades.

Hoje a clínica é um reconhecido centro de referência em Fonoaudiologia, setor de desenvolvimento científico, atendimento clínico e campo de ensino. Deste modo, desde a sua inauguração, tem prestado assistência à comunidade de Bauru e região, desenvolvendo projetos de extensão envolvendo ações preventivas, de diagnóstico e tratamento nas diferentes especialidades da Fonoaudiologia, além de atendimentos médico, psicológico, fisioterápico e de serviço social. Este ano será inaugurado o novo bloco didático do curso, totalmente equipado para aulas presenciais e por meio de videoconferências.

No decorrer dos anos, o curso passou a atuar em distintos setores e com a contratação de docentes de diferentes especialidades, passou a organizar suas atividades de graduação em cinco grandes áreas -Audiologia, Linguagem, Motricidade Orofacial, Voz e Saúde Coletiva-, oferecendo, como propõe as Diretrizes Curriculares Nacionais em Fonoaudiologia, formação generalista e humanista. Em 2005 teve início o Programa de Pós-Graduação em Fonoaudiologia em nível de Mestrado, na sequência, em 2006 o curso de graduação ampliou o número de vagas para 40.

Assim, no início desta década, a FOB-USP contava com cerca de 200 alunos de graduação e pós-graduação. Hoje, esse número gira em torno de 250 alunos, distribuídos na Graduação, nas práticas profissionalizantes e na pós-graduação em nível de Mestrado e Doutorado. Nos últimos 8 anos o curso de graduação vem recebendo 5 estrelas pelo Guia do Estudante e seu Programa de Pós-Graduação no último triênio recebeu conceito 5 pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal em Nível Superior).

Desta forma, minha tradução destes 25 anos pode ser resumida nestas palavras: crescimento, trabalho e perseverança.

Depois de 21 edições, a tradicional Jofa (Jornada Fonoaudiológica de Bauru) passa a ser Cofab (Congresso Fonoaudiológico de Bauru), o que isso representa?

O primeiro evento organizado pelos alunos de graduação da FOB-USP ocorreu em 1994 e recebeu o título de "Jornada Fonoaudiológica USP-Bauru" (JOFA), na época, o objetivo principal era apresentar temas que complementassem a formação acadêmica dos graduandos. A denominação "Jornada" traduzia justamente um encontro anual e regional de alunos da USP-Bauru e profissionais da cidade para discutir assuntos de interesse do grupo. E assim ocorreu por toda a década de 90. A partir de VII Jornada Fonoaudiológica "Prof. Dr. Orozimbo Costa Filho", em 2000, o evento passou a contar com palestrantes e pesquisadores internacionais no intuito de ampliar as discussões e possibilitar possíveis parcerias de pesquisa com Universidades estrangeiras.

Em 2002 a IX JOFA "Profª Drª Mariza Ribeiro Feniman" recebeu pela primeira vez apoio de órgão de fomento, a Fapesp (Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo), na sequência, em 2003, a X JOFA "Profª Drª Alcione Ghedini Brasolotto" recebeu incentivo do CNPq, e em 2007, já com a participação dos alunos de pós-graduação na organização do evento, a XIV JOFA "Profª Drª Deborah Viviane Ferrari" teve pela primeira vez o apoio da CAPES, na medida em que a programação científica tinha também o objetivo de capacitar pós-graduandos e disseminar os trabalhos desenvolvidos pelo Programa de Pós-graduação em Fonoaudiologia iniciado em 2005.

Nesta trajetória, a Jornada Fonoaudiológica de Bauru, em mais de 20 anos de existência, cresceu em número, qualidade e abrangência e a partir deste ano passa a receber a denominação de "Congresso", termo que apropriadamente reflete sua missão atual que é o de reunir especialistas do campo fonoaudiológico para a apresentação de pesquisas e estudos científicos. A mudança de status coincide com a comemoração dos 25 anos do Curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru da USP. O 22º Congresso Fonoaudiológico de Bauru "Profª Drª Simone Rocha de Vasconcellos Hage" trará como tópico “Atualidades nos diferentes ciclos da vida”. A frente da coordenação científica está a Prof.ª Dr.ª Magali de Lourdes Caldana e a Prof.ª Dr.ª Aline Roberta Aceituno da Costa no arranjo social do Congresso.

O que os pesquisadores, profissionais e acadêmicos podem esperar do XXII Cofab?

O objetivo é oferecer mais uma oportunidade de crescimento científico para estudantes de Fonoaudiologia, fonoaudiólogos e demais alunos e graduados de áreas afins. A proposta da grade científica do XXII COFAB é discutir temas atuais sobre como diagnosticar precocemente e tratar alterações da comunicação, assim como aperfeiçoá-la de acordo com os diferentes ciclos da vida. Além do amplo conteúdo científico os participantes terão a possibilidade de visitar a feira tecnológica de empresas que comercializam produtos referentes à área de Fonoaudiologia, e de livreiros especializados.

Diante de uma extensa e rica programação (acesse em www.cofab.fob.usp.br), o que poderia destacar?

No dia 27/08, das 8 às 12 horas, haverá mesa redonda sobre "Amamentação" com as Dras. Mariângela Bitar da USP-São Paulo, Suely Barros (HRAC) e María Paz (Universidad Autonoma do Chile). O tema pode interessar aos nutricionistas, pediatras, gestantes e mães em geral.

No dia 27/08, das 8 às 10 horas, ocorrerá oficina que pode interessar aos pedagogos e psicopedagogos: “Quem são essas crianças que não aprendem: dificuldades escolares, dislexia e distúrbios de aprendizagem” com o Dr. Jaime Zorzi. A oficina vai tratar da diferenciação e exemplificação dos principais problemas ligados à aprendizagem escolar.

No dia 27/08, das 14 às 18 horas, haverá curso sobre "Empreendedorismo e comunicação" ministrado pela Drª Mara Behlau que pode interessar a empreendedores. O objetivo do curso é tratar de práticas comunicacionais que permitam empreendedores desenvolverem suas estratégias de negócio.

No dia 28/08, das 14 às 16 horas, haverá a oficina "Voz e Jornalismo" com a Dra. Débora Feijó, fonoaudióloga da Rede Globo do RJ. O tema pode interessar aos profissionais de rádio e TV.

No dia 29/08, das 8 às 11 horas, haverá curso sobre a "Atuação interdisciplinar na Fundação APAE Bauru", tema que pode interessar a todo profissional que recebe alunos ou pacientes com necessidades especiais.

Teremos três atividades com pesquisadores da University of Central Florida (EUA), Department of Communication Sciences and Disorders: Dras. Janet Whiteside, Barbara Ehren e Linda Rosa-Lugo que tratarão respectivamente da intervenção nos quadros de Afasia, dos distúrbios de leitura e escrita no adolescente e na deficiência auditiva.

Foto: Coordenadoras do XXII Cofab: Magali de Lourdes Caldana (Científica), Simone Rocha de Vasconcellos Hage (Coordenação Geral) e Aline Aceituno da Costa (Social).

imprimir





 Envie sua sugestão de notícia