Fale Conosco

Conteúdo atualizado em 19.03.2020


Lançado aplicativo para iPad de fonologia

Marianne Ramalho, Assessoria de Comunicação da PUSP-B
13/11/2012

Lançado aplicativo para iPad de fonologia

No XX Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, promovido pela Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia (SBFa) de 31 de outubro a 3 de novembro em Brasília-DF, Simone Ap. Lopes-Herrera professora do Departamento de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da Universidade de São Paulo (USP) lançou em parceria com a empresa americana Smarty Ears, um aplicativo para iPad para avaliação da fonologia - o AFAP (Avaliação da Fonologia e Articulação do Português).

Segundo a professora Simone Herrera fonologia é a parte da linguagem responsável pela compreensão e sons da língua portuguesa. A avaliação da fonologia visa observar quais sons a criança produz e quais ela emite com alterações ou não produz.

O APP (aplicativo) funciona tendo fotos de objetos do cotidiano infantil que contenham todos os sons da língua portuguesa em todas as posições possíveis dentro da palavra (sílaba inicial, sílaba medial e sílaba final).

Este aplicativo reduz em um quarto do tempo, aproximadamente, a avaliação da fonologia em crianças de 1 a 6 anos, e comparado a testes tradicionais tem a vantagem da portabilidade.

O aplicativo encontra-se disponível na Apple Store, mais informações podem ser obtidas no site http://www.ipadfono.com 

Qualquer pessoa pode baixar o APP, porém somente fonoaudiólogos tem o conhecimento técnico suficiente para fazer as marcações e interpretações necessárias.

Informações adicionais sobre o aplicativo podem ser obtidas com a professora Simone Ap. Lopes-Herrera nos telefones: (14) 3235-8332 (Departamento de Fono) ou no celular (14) 8124-0055.
 
                Lançada segunda edição do livro de fono

Também durante o XX Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia realizado em Brasília (DF) foi lançada a segunda edição do livro "Fonoaudiologia - Intervenções e Alterações da Linguagem Oral Infantil", organizado pelas professoras doutoras do Departamento de Fonoaudiologia da FOB/USP, Simone Ap. Lopes-Herrera e Luciana Paula Maximino.

Foto: Simone Lopes-Herrera e Bárbara Fernandes, fonoaudióloga e CEO da empresa Smarty Ears

imprimir





 Envie sua sugestão de notícia