Fale Conosco

Conteúdo atualizado em 19.03.2020


USP substitui árvores para ampliar segurança

Luís Victorelli
04/05/2010

USP substitui árvores para ampliar segurança

Oito novos pés de ipês e quatro resedás, todos rosa, passam a integrar parte do projeto paisagístico que a Coordenadoria do Campus USP de Bauru está implementando nas vias que circundam o campus. As plantas substituíram onze sibipirunas e um ipê, respectivamente, na alameda Dr. Octávio Pinheiro Brisola e Rua Silvio Marchione. As novas árvores não trazem raízes agressivas e apresentam belo florescimento.
 
Para o coordenador do campus, Ruy Cesar Camargo Abdo, além da beleza, a questão da segurança também foi levada em conta. “Com porte apropriado, as novas árvores trazem menos riscos em casos de queda e ampliam a iluminação do local”, informa. Fábio Mossato Dias, engenheiro do campus, acrescenta que a substituição possui também um caráter preventivo. “Queremos evitar acidentes que possam causar ferimentos aos transeuntes e danos materiais, como as quedas ocorridas nos últimos meses de dezembro e janeiro”, lembra.
 
Neste período, informa Wellington Coelho de Aquino, chefe da Seção de Fiscalização e Segurança do Campus, devido às intempéries, houve queda de duas árvores no perímetro externo e oito em área interna; árvores de grande e médio porte, “que poderiam ter causado graves prejuízos, inclusive à vida humana”. O corte e o plantio foram avaliados e aprovados por técnicos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Bauru (Semma) e a decisão publicada no Diário Oficial de Bauru de 11 de fevereiro de 2010.
 

imprimir





 Envie sua sugestão de notícia