Fale Conosco

Conteúdo atualizado em 19.03.2020


Começa no campus formação socioambiental

Marianne Ramalho, Assessoria de Comunicação da PUSP-B
06/03/2015

Começa no campus formação socioambiental

A Superintendência de Gestão Ambiental (SGA) da Universidade de São Paulo (USP) está promovendo um Programa de Formação Socioambiental destinada aos servidores técnicos e administrativos da Universidade.

O projeto envolve estudos e práticas educativas na área de sustentabilidade, gestão e educação ambiental e é uma oportunidade dos servidores atuarem como educadores ambientais em seu local de trabalho.

Ao todo, serão ministrados 37 cursos nos sete campi da USP e, no campus de Bauru, serão oferecidos dois cursos: “Educar para transformar: o cenário ambiental no campus USP de Bauru” e “Pesquisa-ação-participante: água, energia e espaço físico”.

A abertura do Programa de Formação Socioambiental será realizada no dia 10 de março, das 8h às 12h, no Teatro Universitário da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP. O evento é aberto à participação dos servidores inscritos e de servidores do campus que tenham interesse sobre o assunto e queiram se informar a respeito do programa.

A programação de abertura vai constar da realização de três palestras: às 8h, Daniela Sudan, educadora da SGA vai expor os objetivos deste programa na USP; às 9h, Rodrigo Agostinho, prefeito municipal de Bauru vai falar a respeito dos desafios ambientais do município e às 10h30, Marcela de Moraes Agudo, mestre e doutoranda do Programa de Educação para a Ciência da Unesp Bauru falará a respeito de educação ambiental.

A SGA está representada em Bauru por integrantes do Projeto de Formação Socioambiental de Servidores Técnico-Administrativos do campus USP de Bauru. Integram o projeto as seguintes funcionárias: Josieli Tripodi (FOB), Márcia Borges (Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais/HRAC), Paula Marques (Prefeitura do Campus USP de Bauru/PUSP-B), Rita Capossi (FOB), Sandra Choi (FOB), Sonia Kato (HRAC) e Thalita Mantovani (PUSP-B).

A engenheira Simone Berriel Joaquim Simonelli, da Superintendência do Espaço Físico (SEF) da USP – Divisão do Escritório Regional – Bauru é a tutora do projeto no campus USP de Bauru e responsável por articular as atividades da SGA.

O projeto conta com o apoio das unidades do campus: Prefeitura do Campus USP de Bauru (PUSP-B), Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) e Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC).

 

imprimir





 Envie sua sugestão de notícia