Fale Conosco

Conteúdo atualizado em 19.03.2020


Lançado aplicativo que amplia segurança na USP

Luís Victorelli
14/09/2016

Lançado aplicativo que amplia segurança na USP

Assim como em todos os campi da Universidade de São Paulo, agora a comunidade do campus USP de Bauru -alunos, professores e funcionários- pode contar com um novo canal de comunicação para registrar ocorrências de segurança e de gestão do campus.

Já está disponível para usuários dos sistemas Android e IOS o aplicativo “Campus USP” para o monitoramento dos campi que permite relatar, por exemplo, a ocorrência de furtos, roubos, sequestros, vandalismo, problemas na iluminação pública, vazamentos de água e presença de animais abandonados.

Os registros podem ser feitos por meio de texto, fotos ou áudio e são encaminhados imediatamente para o atendimento da Guarda Universitária e das Prefeituras dos campi. Outra função do aplicativo é que o usuário, durante um deslocamento a pé, pode ativar o sistema de alerta que, em uma situação de emergência, avisa a Guarda Universitária, bastando, para isso, um agito no aparelho celular.

“Esta ferramenta amplia bastante as ações preventivas de segurança no campus. Não estamos em todos os lugares e este aplicativo faz de cada membro da comunidade USP um importante aliado em prol da segurança de todos”, informa Wellington Coelho de Aquino, chefe administrativo de serviço do Escritório de Apoio Avançado Bauru da Superintendência de Prevenção e Proteção Universitária.   

O aplicativo pode ser encontrado nas lojas App Store e Google Play com o nome “Campus USP”. Depois de instalado no seu dispositivo móvel, o usuário deve fazer o login com seu número USP, usando a senha única de acesso aos sistemas institucionais da Universidade. O sistema está em funcionamento em todos os campi da USP e abrange o âmbito de cada campus.

Segurança compartilhada

O aplicativo de segurança “Campus USP” foi desenvolvido por um grupo de técnicos do campus “Fernando Costa”, em Pirassununga, da Superintendência de Segurança e da Superintendência de Tecnologia da Informação (STI).  “Estamos trabalhando com o conceito da chamada segurança compartilhada, em que professores, funcionários e alunos podem colaborar”, destaca o superintendente de Prevenção e Proteção Universitária, José Antonio Visintin.

Para o superintendente de Tecnologia de Informação, João Eduardo Ferreira, “os aplicativos móveis são alternativas ágeis de interação da comunidade USP com os serviços computacionais para melhorar seu dia a dia. Mais concretamente, o aplicativo Campus USP tem como objetivo aumentar a qualidade das ações relacionadas à prevenção e à segurança nos campi”.

O professor da Escola Politécnica e assessor da STI, especialista em aplicativos para celular, Jun Okamoto, revela que mais de 50 pessoas estiveram envolvidas nos testes do sistema e que as equipes da Guarda Universitária e das Prefeituras dos campi foram treinadas para atender às demandas.

“O usuário do aplicativo não precisa se preocupar se se trata de uma ocorrência de segurança ou administrativa, nem em que campus se encontra. O aplicativo encaminha a ocorrência para o sistema correto”, explica. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail dov@usp.br. O site da Superintendência de Prevenção e Proteção Universitária (www.sppu.usp.br) também traz informações úteis sobre o tema.

Com Informações da Assessoria de Imprensa da USP.

imprimir





 Envie sua sugestão de notícia