Fale Conosco

Conteúdo atualizado em 19.03.2020


CCB cria Comitê de Análise para progressão na carreira

Luís Victorelli
10/01/2012

CCB cria Comitê de Análise para progressão na carreira

O vice-coordenador, no exercício da Coordenadoria do Campus de Bauru da Universidade de São Paulo (CCB-USP), Prof. Dr. José Roberto Pereira Lauris, assinou as portarias 074 e 075, ambas de 04/01/2012, que tratam respectivamente da instituição e da eleição de representantes dos servidores técnicos e administrativos no Comitê de Análise (CA) para progressão na carreira da USP. Entre as atribuições do comitê está a garantia da aplicação adequada dos critérios e instrumentos de avaliação estabelecidos pela Reitoria da USP.


Poderão candidatar-se e ser votados todos os servidores Técnicos e Administrativos lotados ou designados em função de estrutura na Coordenadoria do Campus de Bauru que estiverem em exercício há pelo menos cinco anos na Universidade de São Paulo. Serão quatro indicados e três eleitos. Os membros do CA escolherão entre si um integrante para atuar como coordenador, outro como secretário e, se necessário, outro como relator.

As eleições serão realizadas a cada dois anos, para renovação de um membro designado, um eleito e um suplente, com candidaturas oficializadas. O mandato é de quatro anos, com renovação alternada, bianual, de 1/3, sendo permitida uma recondução. Não havendo candidatos inscritos, o comitê será composto somente por membros indicados.

O comitê tem as atribuições de sugerir critérios adicionais e outros instrumentos de avaliação, de acordo com as especificidades da CCB, devendo elaborar um documento com os critérios propostos, submetendo-o à aprovação do Conselho Gestor do Campus; dar ampla publicidade, no âmbito da CCB, aos critérios aprovados e analisar o resultado das avaliações e emitir, de forma circunstanciada, o parecer conclusivo sobre a progressão dos servidores, encaminhando-o ao Conselho Gestor do Campus, para homologação.

Também deverá atuar como mediador de conflitos, articulador e formador de consenso durante a análise das avaliações; apreciar os pedidos de reconsideração e encaminhá-los ao Conselho Gestor do Campus; propor às instâncias superiores, se julgar necessário e mediante decisão da maioria absoluta de seus membros, a indicação de especialista para emissão de parecer adicional.

O pedido de inscrição dos candidatos será registrado individualmente na Seção de Pessoal da CCB no período de 16 a 27 de janeiro, mediante preenchimento de requerimento dirigido ao Coordenador do Campus e apresentação de declaração de que o candidato é servidor conforme o tempo mínimo exigido. Os membros do comitê deverão participar de treinamento específico, promovido pelo Departamento de Recursos Humanos. Não será permitida a formação de chapas de candidatos. 

 

 

imprimir





 Envie sua sugestão de notícia