Fale Conosco

Conteúdo atualizado em 19.03.2020


Odontopediatria da FOB oferece conforto aos pacientes

Marianne Ramalho, Assessoria de Comunicação da Coordenadoria do Campus de Bauru da USP
22/05/2010

Odontopediatria da FOB oferece conforto aos pacientes

 

Prestar atendimento odontológico para crianças é coisa séria. Pensando nisso, a sala de espera da clínica da Disciplina de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da Universidade de São Paulo (USP) foi reformada visando oferecer aos pacientes e acompanhantes um local confortável.
 
A reforma foi realizada no período de agosto a dezembro de 2009, com projeto e fiscalização da Divisão de Infra-Estrutura da Coordenadoria do Campus de Bauru (CCB) da USP e processo licitatório elaborado pela Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP.
 
O local tem uma área de 83 m2, dispondo de uma sala de espera, recepção e dois sanitários. A Clínica da Disciplina de Odontopediatria realiza em média 150 atendimentos por semana. Em 2009 foram atendidas 312 crianças na faixa etária de 0 a 11 anos.
 
Lia Borges Carvalho Tavares é auxiliar de saúde bucal da Disciplina de Odontopediatria da FOB há 23 anos e diz que se sente realizada por ser útil a comunidade e realizar o seu trabalho com amor. “Estou aqui para servir, tenho um ótimo relacionamento com as crianças, os pais, os alunos e os professores da faculdade”.
 
Lilian Rosana Candida trabalha na Disciplina de Odontopediatria há 22 anos, como técnica em saúde bucal. Ela afirma que a elaboração do projeto e o acompanhamento da reforma foi realizado num trabalho em equipe, que contou com a participação dos professores e funcionários da disciplina.
 
Segundo Candida, com a reforma o espaço aumentou, tem sistema de climatização, TV de plasma, DVD para passar filmes infantis, armários planejados, sala de estar e sanitário adaptado para cadeirantes, cadeiras novas e coloridas para crianças e um cadastro informatizado de pacientes.
 
O libanês Adel Georges Chahine, 53 anos, está muito satisfeito com o tratamento na FOB de seus dois filhos, Gabriela de 9 anos e Gabriel de 8 anos. Chahine afirma que além do excelente atendimento as novas instalações propiciam mais conforto para as crianças e seus acompanhantes.
 
A confeiteira Eliane Chagas Freire, 33 anos, traz os filhos Greice Kelly de 8 anos e Kenneti de 12 anos para tratarem na FOB. “Quando eu trouxe o meu filho ele tinha os dentes quebrados e escuros, agora seus dentes estão lindos. É uma benção a qualidade do atendimento, o carinho e agora tudo isso com mais conforto”.

Foto: Funcionária Lia Tavares e mãe de paciente da Clínica de Odontopediatria da FOB/USP

imprimir





 Envie sua sugestão de notícia