Fale Conosco

Conteúdo atualizado em 19.03.2020


Fono da FOB-USP é finalista do Prêmio Saúde

Luís Victorelli*
01/10/2012

Fono da FOB-USP é finalista do Prêmio Saúde

Pesquisa orientada pela professora Maria Inês Pegoraro-Krook, titular do Departamento de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo (FOB-USP), em parceria com a equipe de pesquisadores do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC-USP), está entre os três finalistas do Prêmio Saúde 2012 da Editora Abril, categoria Saúde Bucal.

O trabalho intitulado “Funcionamento velofaríngeo com e sem prótese de palato após a palatoplastia" aborda o uso de prótese de palato para corrigir os problemas da fala. O vencedor será escolhido por votação pelo site http://saude.abril.com.br/premiosaude/2012/finalistas/saude-bucal/ até o dia 14 de outubro. Ao todo, foram inscritos mais de 450 trabalhos em sete categorias.

Ao lado da pesquisadora Maria Inês, que além de professora da FOB-USP acumula a presidência da Comissão de Pesquisa do HRAC-USP, também integram a equipe de autores a professora Jeniffer de Cássia Rillo Dutka, docente da FOB-USP e HRAC-USP; as fonoaudiólogas Raquel Rodrigues Rosa e Olívia Mesquita Vieira de Souza, da FOB-USP; Homero Carneiro Aferri e Mônica Moraes Waldemarin Lopes, cirurgiões-dentistas do HRAC-USP; Melina Evangelista Whitaker e Josiane Fernandes Denardi Alves Neves, fonoaudiólogas do HRAC-USP.

Saúde e qualidade de vida

O Prêmio Saúde tem o objetivo de valorizar, incentivar e divulgar campanhas de prevenção e educação, trabalhos clínicos ou da área cirúrgica e outras ações que tenham contribuído para melhorar a saúde e a qualidade de vida dos brasileiros. Entre os critérios utilizados para avaliação dos trabalhos estão o impacto na saúde dos brasileiros ou de determinada comunidade, a educação da população para a prevenção de doenças ou busca de tratamento adequado, a originalidade da pesquisa com resultados inéditos ou uso inovador de conhecimentos já existentes, além do uso de novas tecnologias.

Todos os profissionais de saúde finalistas receberão um certificado e terão seus trabalhos divulgados na revista Saúde é Vital e no site da publicação. As equipes responsáveis pelos trabalhos vencedores receberão um troféu e cada um de seus integrantes receberá certificado.O resultado final será conhecido no dia 29 de novembro, durante a cerimônia de premiação, que será realizada no Memorial da América Latina, em São Paulo.

Equipe responsável pela pesquisa: Raquel Rosa, Jeniffer Dutka, Josiane Neves, Melina Whitaker e Mônica Lopes (Em pé). Homero Aferri, Maria Inês Krook e Olívia M. de Souza. Crédito da foto: Tiago Rodella.

*Com Tiago Rodella e Danielle Rodrigues Godoi Toqueti.

imprimir





 Envie sua sugestão de notícia