Fale Conosco

Conteúdo atualizado em 19.03.2020


USP em Rondônia é finalista no Prêmio Saúde

Marianne Ramalho, Assessoria de Comunicação da PUSP-B
04/11/2013

USP em Rondônia é finalista no Prêmio Saúde

O “Projeto FOB-USP em Rondônia: transformando a realidade social nas áreas de odontologia e fonoaudiologia” é um dos três trabalhos finalistas na categoria “Saúde Bucal” do VIII Prêmio SAÚDE 2013, promovido pela revista SAÚDE é Vital da Editora Abril.

São autores do trabalho, os seguintes profissionais da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da Universidade de São Paulo (USP): Magali de Lourdes Caldana, José Roberto de Magalhães Bastos, Roosevelt da Silva Bastos, Ariadnes Nobrega de Oliveira, Elen Caroline Franco, Aline Megumi Arakawa, Cristina do Espirito Santo, Natália Gutierrez Carleto, Patrícia Ribeiro Mattar Damiance, Nathália Caroline Favoreto, Edu Cassiano Hugo Pinto, Haroldo José Mendes, Adelson Francisco Maia Júnior, Rafael Damasceno, Angela Xavier e Mônica Lima França.

O Prêmio SAÚDE objetiva valorizar, incentivar e divulgar campanhas de prevenção e educação, trabalhos clínicos ou da área cirúrgica e outras ações que tenham contribuído para melhorar a saúde e a qualidade de vida dos brasileiros.

A divulgação dos vencedores nas oito categorias acontecerá durante a festa do VIII Prêmio SAÚDE, em novembro, na cidade de São Paulo. As equipes responsáveis pelos trabalhos vencedores receberão um troféu e cada um de seus integrantes receberá, ainda, um certificado de vencedor.

                           Expedição Odontológica em Rondônia

Desde 2002, dentistas, fonoaudiólogos, biólogos e enfermeiros partem da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da Universidade de São Paulo (USP), e viajam 3 mil quilômetros com destino ao município de Monte Negro, em Rondônia.

Em 2013 cerca de 40 profissionais formaram a 27ª expedição. Em uma década, o programa envolveu em torno de 500 alunos de graduação e pós-graduação da FOB e realizou 75 mil procedimentos de odontologia e fonoaudiologia.

Além de extrações dentárias e restaurações, aplicações de flúor em crianças e diagnósticos de perdas auditivas, a equipe preparou atividades buscando desenvolver o autocuidado e uma rotina de higiene bucal entre os moradores.

Desde que implantado em 2002, o Projeto FOB-USP em Rondônia resultou na queda acentuada na incidência de cárie e doença periodontal na cidade de Monte Negro, reforçando aos profissionais de saúde, que suas ações estão ajudando a transformar a realidade social dessa região tão carente de recursos.

Informações adicionais no site:

http://saude.abril.com.br/premiosaude/2013/regulamento.shtml

Foto: 27ª Expedição USP em Rondônia

imprimir





 Envie sua sugestão de notícia